Músicas preferidas

Loading...

sábado, 22 de janeiro de 2011

O presságio Julian Assange, Gera Crise Americana, e Economia Afunda diante a avalanche dos documentos Secretos jogados no Site Wikileaks....

1971, o ano em que nasceu Julian Assange, mas também os EUA dá sua tacada de mestre!!
Mesmo no Útero....
Julian Assange já conspirava contra os Americanos!
Vejam como e o porquê, do Dólar ter sido a principal moeda de troca no mundo inteiro, onde os EUA se beneficiou até que, a Casa caiu...
O novo Ouro Americano...
Desde o fim da segunda Guerra Mundial, como mostramos no Capítulo anterior, os EUA se beneficiou de sua condição financeira diante do resto do mundo, onde se impôs como a maior economia, adotando regras protecionistas, onde o Dólar passa a ser a moeda de comércio mundial...

Your animation
Em 1959 os EUA entra em conflito contra o Vietnã, uma guerra de perdura até 1973, consumindo assim, parte das reservas cambias do país e, do petróleo, onde a crise é inevitável.
Your animation

"Quase três milhões de norte-americanos serviram no Vietnã. Entre 1959 e 1973, os Estados Unidos gastaram 123 bilhões de dólares com a guerra e a ajuda econômica ao Vietnã do Sul, o que resultou num grande déficit no orçamento  federal do país."

Os americanos não pouparam ninguém, usando em larga escala agentes químicos, principalmente dois dos mais devastadores:

 O napalm foi largamente utilizado no Sudeste Asiático durante a Guerra do Vietnã. Mistura de gasolina com uma resina bastante espessa da palmeira que lhe deu o nome, o napalm, em combustão, gera temperaturas superiores a 1.000 ºC.
Em combustão adere à pele, queimando os músculos e fundindo os ossos. Além disso, libera monóxido de carbono, fazendo vítimas também por asfixia.

- Agente laranja desfolhante usado  pelas tropas norte americanas e sul-vietnamitas. Calcula-se que tenham sido lançados 45,6 milhões de litros do produto durante os anos 60, cobrindo dez por cento do território do Vietnã.
Derruba as folhas das árvores, impedindo que os soldados se escondam na mata, causando sérios danos ao meio ambiente.

Além de perderem a guerra no mesmo ano de 1973, os americanos passam por uma crise existencial, chamada de "Síndrome do Vietnã", deixando a sociedade americana como a escoria do mundo.

Até então, os EUA permaneciam numa favorável e confortável situação financeira, aparentemente!!


Até 1971 cada dólar Americano representava um peso fixo em ouro. Os Estados Unidos dispunham de enormes reservas de ouro, que cobriam a totalidade da quantidade de dólares posta em circulação. Quando bancos estrangeiros tinham mais dólares do que pretendiam, podiam trocá-los por ouro. Esta era a razão mais importante porque o dólar era aceite por toda a parte do mundo. 
Your animation
A partir de 1971: o petróleo da OPEP é pago em dólares !!

Em 1971, o valor do dólar foi separado do peso fixado em ouro. De fato, isto foi uma medida da aflição do presidente Nixon. A guerra do Vietnam havia esvaziado os cofres do Estado. Os Estados Unidos haviam impresso mais dólares do que o permitiam as suas reservas de ouro. Desde então, o valor do dólar é determinado pela lei da oferta e da procura nos mercados de câmbio. Nesta época os Estados Unidos ainda produziam bastante petróleo para o seu consumo próprio. Para proteger suas empresas petrolíferas, haviam instaurado limitações às importações de petróleo. Em contra-partida do levantamento destas limitações, os países da OPEP prometiam não mais vender o seu petróleo senão em dólares. Na época o dólar já era a moeda mais utilizada no comércio mundial. Portanto, nada de especial? 

Todos os países têm necessidade de dólares, ou não?
Sim! 


Essa é a Grande Tacada de Mestre Americana!


A partir de 1971, todos aqueles que desejam importar petróleo devem antes comprar dólares. É aqui que começa a festa para os Estados Unidos. Quase todo o mundo tem necessidade de petróleo, portanto todo o mundo quer dólares. 

Os compradores de petróleo do mundo inteiro dão os seus yens, coroas, francos e outras moedas. Em troca recebem dólares, com os quais podem comprar petróleo nos países da OPEP. A seguir, os países da OPEP vão gastar estes dólares. Poderão naturalmente fazer isso nos Estados Unidos, mas também em todos os outros países do mundo. Com efeito, todo o mundo quer dólares, pois todo o mundo terá novamente necessidade de petróleo.
Compras gratuitas pelos Estados Unidos - A grande mamata Americana!
Neste louco comércio de petróleo, há necessidade de uma quantidade importante de dólares. Muitos destes dólares não servem senão no ciclo no exterior dos Estados Unidos, ou seja, entre os outros países do mundo e os países da OPEP. 
"Não se esquecendo que, foram os Americaninhos que criaram a Opep, com suas idéias mirabolantes"

A princípio não existiam suficientes dólares para isso. Eles deviam ser impressos nos Estados Unidos. Isso lhes custava papel e tinta verde. A seguir, estes dólares deviam ser postos à disposição no estrangeiro, nos lugares onde os compradores de petróleo dele tinham necessidade. E é aqui que se chega ao lucro gigantesco. Com efeito, não existe senão um modo de colocar estes lindos bilhetes novos à disposição no estrangeiro: os Estados Unidos vão fazer compras com eles. E uma vez que esta quantidade de dólares fica em uso permanente no estrangeiro, os Estados Unidos nada fornecem em troca. 
As suas compras portanto são gratuitas!
Entenderam?

A casa Caiu!!
A Fonte começa a secar!!

O Ouro Negro começa a ficar escasso e os EUA a se desesperar, aí começa a decadência do Império Americano, e todos fazem uma merda atrás da outra...
 Será que eu Fiz Merda?

Para não correr risco, os Estados Unidos deveriam ter o cuidado de manter o equilíbrio entre as suas importações e as suas exportações. A partir de 1971, data em que uma quantidade acrescida de dólares fora posta em circulação, só em 1972 as vendas ultrapassaram as compras. A seguir começou a descida e os Estados Unidos vivem cada vez mais pendurados no resto do mundo. Só no ano 2004, o déficit na balança comercial foi de 650 mil milhões de dólares!
Numa população de 300 milhões, isto quer dizer que cada cidadão dos Estados Unidos comprou 2.167 dólares de mercadorias estrangeiras, pelas quais não pagou. 

Balança comercial Americana

Importações Americanas em 2004     US$1.469.704.400
Exportações Americanas em 2004     US$   818.774.900

Saldo da Balança Comercial Negativo      US$   650.929.500  

Hoje os Americanos acumula um déficit público de mais de US$1.500 trilhão de dólares, e isso se repete desde a crise de 2008, e o Fed, Banco Central Americano continua emitindo dólares indiscriminadamente, reduzindo às taxas de juros a zero, na tentativa de baixar o dólar frente à economia Mundial, com isso sua economia se afunda a cada ano.
A doença em fase terminal, dos Americanos!
O Tiro saiu pela culatra!! 
Com sua economia em frangalhos, e mais os escândalos que Julian Assange jogou através do Wikileaks na mídia, a trajetória da economia  Americana, só Deus poderá dizer para onde vai!

Exército de soldados de terracota do imperador Qin Shi Huangdi, renasce entre os escombros da queda do Imperialismo Americano!!

E os EUA se curva diante de 1 bilhão e 300 milhões dos nanicos Chineses, com direito a tapete vermelho, a cor do Comunismo que tanto os americanos lutaram contra... Ironia ou Hipocrisia?
Pode passar meu Jovem Obama!!
Your animation

Meus soldados não vão Importuná-lo!!kkkkkk

Fecha no próximo Capítulo