Músicas preferidas

Loading...

terça-feira, 27 de abril de 2010

Realidade Industrial Produtiva do País!!??...

Verdade ou Mentira????

Pelo mínimo que estudamos e, pelo mínimo que vemos em várias matérias divulgadas sobre a verdadeira estrutura Econômica Brasileira, ou talvez até Muldial. Não conseguimos entender de fato, como funciona esse tal mecanismo de avaliar o "Futuro", as projeções Econômicas no mercado Global Mundial.
Atualmente se fala em aquecimento da Economia Brasileira, onde justifica o aumento dos juros para conter esse aquecimento...
Outros vão mais além, onde as tais Comodities fazem certos produtos subirem de forma avassaladora, como no caso do Aço.

Leiam abaixo um texto publicado.
A incerteza dos preços vem da expectativa sobre a variação das commodities, particularmente petróleo e derivados e minério de ferro e, principalmente, sobre a evolução da cotação do dólar. Eventual queda nos preços das matérias-primas pode ser anulada pela subida do dólar ante o real.
Preço. “Para 2009 trabalhamos com preocupação com relação ao desempenho da economia internacional, mas com o cenário interno ainda positivo”, afirma Idalino Ferreira, diretor de comercialização para o mercado interno da Usiminas, maior fornecedora de aço para o setor automotivo brasileiro. “A demanda de aços planos deverá manter o crescimento, mas com ritmo menor do que o verificado em 2007 e 2008.”
De acordo com Instituto Brasileiro de Siderurgia, IBS, o consumo de produtos siderúrgicos cresceu 21,5% até junho ante igual período de 2007: recorde de 12,5 milhões de toneladas.
O setor automotivo respondeu, em 2007, por 26,8% do consumo total de aço no Brasil. A siderurgia nacional, de acordo com o instituto, deve investir, até 2013, US$ 45,7 bilhões na expansão de sua capacidade produtiva. Mas a questão é se o aquecimento do mercado interno, puxado pela construção civil e pelas indústrias automotiva e de bens de capital, elevará os preços do aço em 2009 como ocorreu em 2007 e 2008.
Até setembro o aço acumulava alta média de 45% no ano, o que gerou protestos das montadoras. De 2000 a 2007 o produto somava alta de 144%, enquanto os automóveis tiveram reajustes de 73%, segundo a Anfavea. Para o IBS os reajustes justificam a alta das matérias-primas sem precedentes, como os aumentos ocorridos no minério de ferro, de 70% a 85%, no carvão metalúrgico, de 200% a 300%, no ferro gusa e na sucata, acima de 100%, dentre outros.
De acordo com analistas da consultoria britânica Meps, especializada no mercado de aço, após longo período de valorização o preço do produto pode estar se aproximando do seu nível máximo, com reajustes, para baixo, já no fim deste ano e durante todo 2009, por conta da redução de liquidez nos Estados Unidos e no restante do mundo.
Ainda assim Idalino Ferreira acredita que “os preços do aço deverão continuar pressionados porque deve continuar o desequilíbrio da oferta e da demanda de insumos, o que pode elevar os custos do produto”. A Usiminas admite a importação de aço galvanizado:
“Importaremos aços galvanizados a quente, cuja demanda deve crescer, em 2009, de modo a garantir o abastecimento das montadoras e empresas autopeças”.
Enquanto a Usiminas importa galvanizados e a ArcelorMital utiliza toda a sua capacidade instalada a Galvasud, com planta em Porto Real, RJ, controlada pela CSN, tem capacidade para produzir 410 mil toneladas/ano de aço voltado exclusivamente para o setor automotivo.
A unidade está com 30% de ociosidade – ou 120 mil toneladas que poderiam abastecer o mercado interno.
De acordo com Luiz Fernado Martinez, diretor comercial da CSN, “defendemos a posição de que o Brasil não precisaria de importação no setor porque se trata de uma operação duvidosa, com custo talvez muito alto. A CSN tem condições de atender à demanda interna pelo menos até 2010 com a estrutura atual”.
Em 2010 e 2011 está prevista a entrada de usinas e linhas de aço galvanizado da Usiminas e ArcelorMital, específicas para atender ao mercado automotivo. Na opinião de Martinez o que está definindo os preços não é a relação da oferta com a demanda, e sim o custo de matéria-prima: “Não temos ainda um quadro de preços para 2009. Precisamos ainda entender o que acontecerá no mercado mundial com a crise nos Estados Unidos”. 


Afirma-se que, nossa industria tem capacidade ociosa de 30%, o que justifica então!!! Que internamente temos capacidade de produzir aço para industria interna... Mas a estória contada é outra, pois os mais adversos comentários, são de fato, uma crise não existente internamente.
Mas vamos falar da tal crise mundial.
Atualmente, isso divulgado pelos maiores jornais de todo o mundo, só 5 países entraram na lista, dos que realmente tiveram superavit e crecimento econômico no ano de 2009. Onde o Brasil, faz parte dos cinco!
O resto do mundo, o que siguinifica aproximadamente 95% da economia mundial, não estão consumindo nada.
Pois bem!
Pelo que  estudamos, pelo menos um pouquinho só, podemos deduzir que:
1 - Quando a oferta é maior do que a procura, isso normalmente faz com que os preços subam.
2 - Quando a oferta é menor do que a procura, isso faz com que os preços baixem.

Tanto o item 1 e 2, não condiz com o que aprendemos, ou pelo menos, seja sensato ao que ouvimos nos  bastidores econômicos.

O que justifica uma alta no Preço do Aço no mercado mundial de mais de 100%, tendo em vista que, o mercado mundial está totalmente  fora dos padrões de consumo, onde venha comprometer a capacidade de produção na área industrial de todo o mundo.
Vimos então que!!!
Esse mercado Futuro "As tais Comodities" não passa na verdade de um Guru especulador. 
Ou mais!!
Uma especulação dos mercados.. Países que sofrem com suas economias, principalmente aquelas que antes, dominavam os menores, hoje em dificuldades sérias, estariam forçando o mercado a reagir, indo de encontro a essas economias em desenvolvimento, como no caso o Brasil e a China, que tem feito o dolar cair frente suas moedas.
Até quando o Brasil vai continuar a aceitar essa opressão contra sua Economia?
Temos sim, condições de ampliar a capacidade de produção interna na Industria, e mais, temos investimetos para o ano 2011 de aumento maior ainda dessa capacidade de produção.
Porque então, aceitar essa subordinação do mercado internacional?
Será que vamos ser sempre capachos da Burguesia internacional...
 

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Direitos à Cidadania, contra a Corrupção no Judiciário....

OS CARGOS VITALÍCIOS DOS JUÍZES FAZEM COM QUE O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL SEJA O PODER MAIS ANTIDEMOCRÁTICO DO BRASIL


  Dito por Joaquim Barbosa...
“A impunidade no Brasil é planejada, é deliberada. As instituições concebidas para combatê-las são organizadas de forma que elas sejam impotentes, incapazes na prática de ter uma ação eficaz.”
“ … o Poder Judiciário tem uma parcela grande de responsabilidade pelo aumento das práticas de corrupção …”
“A generalizada sensação de impunidade … é reforçada pela atuação do Pode Judiciário, das suas práticas arcaicas, das suas INTERPRETAÇÕES LENIENTES (ÊNFASE MINHA – PHA) … Para ser minimamente eficaz, o Poder Judiciário brasileiro precisaria se reinventado.”
“Temos um problema cultural sério: a passividade com que a sociedade assiste a práticas chocantes de corrupção … tudo isso vem confortar a situação dos corruptos…”
“Elas (a sociedade) deviam externar a sua indignação”.
“Ela (a elite) deveria abandonar a clivagem ideológica e partidária que guia as suas manifestações (contra a corrupção)”

Não há hoje no Poder Judiciário brasileiro uma vontade de justiça, uma vontade de fazer valer a lei em defesa da sociedade. Há, na verdade, ao contrário, uma vontade de dar total liberdade ao acusado. A Justiça brasileira hoje transforma o criminoso ou acusado em vítima. Veja o caso de Daniel Dantas, condenado pela Justiça, mas livre e milionário. Veja o juiz Fausto de Sanctis e o delegado Protógenes Queiroz, que acabaram se transformando em acusados depois que decidiram botar na cadeia gente graúda.

Os direitos Constitucionais Abolidos...


Do Estado!!

Estado é uma instituição organizada política, social e juridicamente, ocupando um território definido, normalmente onde a lei máxima é uma Constituição escrita, e dirigida por um governo que possui soberania reconhecida tanto interna como externamente. Um Estado soberano é sintetizado pela máxima "Um governo, um povo, um território". O Estado é responsável pela organização e pelo controle social, pois detém, segundo Max Weber, o monopólio legítimo do uso da força (coerção, especialmente a legal).
Hoje, claramente usam como plataforma Eleitoral, com promessas em suas campanhas eleitorais, mas que na verdade, depois de estarem no centro do poder, movimentam a máquina administrativa no desvio do dinheiro Público.

Da Sociedade Organizada!!

Sociedade civil se refere à totalidade das organizações e instituições cívicas voluntárias que formam a base de uma sociedade em funcionamento, por oposição às estruturas apoiadas pela força de um estado (independentemente de seu sistema político).
Hoje dilapidada pela associação ao crime Organizado.  Sindicatos, Associações, ONGs e tudo mais....


Do Direito à cidadania?


Deixou de existir... Desacreditada das instituições
legais do País como um todo, virou um Povo sem rumo e visão.
Primeiro, o descrétido das próprias instituições básicas como:
Polícia e Judiciário... Educação e Saúde...
Segundo, pela falta da legalidade que se vive hoje, negando ao Povo, os direitos básicos Constitucionais.

Qual a solução para essa crise atual que o País vive?

Insisto em dizer...


Que o POVO renuncie às Eleições de 2010, só assim daremos a resposta como cidadões vedadeiramente.


Diga não às Eleições de 2010

quarta-feira, 21 de abril de 2010

A Brasília para Todos!!??

A maior Idealização para Modernização da Corrupção..
Brasília para todos...


Dizem!!

Que Brasília nascia para acolher desde o ministro de Estado até o motorista. A expectativa de seus criadores era de que comportasse uma sociedade relativamente igualitária.
Os mais otimistas acreditavam também que: "A cidade tinha, no início, o compromisso de que o coletivo se sobressaísse em relação ao individual", conta o professor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília (UnB) Eliel Silva.
Mas também tem aquela que deixa dúvidas em suas declarações, sobre o que se pretendia, verdadeiramente na época, o então presidente Juscelino Kubitschek com sua comitiva de Engenheiros e Arquitetos - "A ideia era que seria possível fazer uma cidade igualitária... se a sociedade também fosse!", afirma Maria Elisa Costa, filha de Lúcio Costa.
Qual a sociedade que ela se referiu?

Mas o que podemos hoje festejar?


Brasília.... A cidade com a maior
renda per capta, atingindo R$ 14.405,00 ao ano.
Como será que o IBGE faz o cálculo dessa renda monstruosa?

A renda per capta nacional, divulgada pelo IBGE é de R$8.400,00.
Temos portanto, uma diferença de R$
6.005,00

Mas ainda pergunto... Com o IBGE chega a esse valor tão absurdo em Brasília?

Brasília tem um população estimada de 2.450.000 de habitantes.

Somamos hoje no Brasil inteiro, 190 milhões de pessoas, o que significa que Brasília, soma um percentual de 1,26% da população total do país.

Não vamos esquecer que, há no País 56,9 milhões de pessoas abaixo da linha de pobreza e 24,7 milhões de pessoas vivendo em extrema pobreza.
Nosso país é um dos primeiros do mundo em desigualdade social. Aqui, 1% dos mais ricos se apropria do mesmo valor que os 50% mais pobres. A renda de uma pessoa rica é 25 a 30 vezes maior que a de uma pessoa pobre.
Brasília para o povo sofrido....
Brazilis para os 1% que vivem na alta Riqueza, nuna cidade onde previa-se, igauldade para a Nação como um todo.
Hoje vemos uma cidade, com poder e Status de Estado do Direito à Corrupção Ativa e Passiva nos Três Poderes do País.

Brasília se engradece pela sua bela Arquitetura. Criada para ser um Símbolodo do modernismo Urbano na década de 60, sem desigualdades sociais, como era a ideologia dos seus criadores.

Mas como não haver desigualdades, numa cidade que ao ser criada, já apontava sinais claros de desigualdades, em sua propria concepção de um Projeto faraônico, para aquela época.
Uma cidade repeltas, já na época, de Palácios para os Reis, de um país chamado democrático.

                    Prédio da Procuradoria Geral da União
 
                           Palácio da Alvorada

                                   Palácio do Itamaraty

 Movidos por um turbilhão de Dolares, concluída em três anos e meio, às custas de uma inflação altíssima na época, onde a miséria no resto do país, continuava em níveis condenáveis por todos os Orgãos que apontavam o Brasil na época, num dos maiores em desigualdades sociais.
No Brasil de 50 anos atrás, não vimos hoje, nada de diferente.
Os ricos de antes, mais ricos ainda hoje!!
A corrupção de antes, maior ainda, principalmente na cidade, Capital, onde se concentra um dos maiores índices de Corrupção do país.

Festejamos então, a Corrupçao..


E declaramos a então... Democracia Igualitária para a nação, uma Demagogia de uma Cidade chamada Brasília.


Irônia ter algo para festejar, de uma cidade, comandada por um bando de corruptos, que leva uma Nação inteira  para a miséria em desigualdades sem proporções.


Viva Brazilis e seus 50 anos de desigualdade e Corrupção Total.


domingo, 18 de abril de 2010

E o Maluf Continuar a Reinar!!1

Mesmo procurado pela Interpol, Maluf Desafia Justiça, Ministério Público, e nós, Os Idiotas Eleitores...

                  Que Interpol que nada!!!


Eu tenho a Justiça Brasileira e o Poder nas minhas mãos....

Quer mais o que, Eleitores idiotas!!!!!

Esse é o Parlamento de enganadores, com algumas exceções, que permite em regime de urgência, em plenário da Câmara, a apreciação do projeto de mordaça ao Ministério Público, de autoria do indecoroso Paulo Maluf, mas nega o mesmo tratamento ao projeto "Ficha Limpa", de iniciativa popular. Que moral tem o PMDB, PSDB, DEM, PT, PTB, PP , PR E TANTOS OUTROS, para representarem o povo brasileiro, se preferem o projeto de Paulo Maluf?


Os representantes desses partidos têm medo de quê? Ou estão todos com o rabo preso? Mas ainda há uma alternativa ao cidadão. Enquanto o PMDB, PSDB, DEM, PT, PTB, PP e PR não votarem o projeto "Ficha Limpa", prevalecerá a recente decisão do TSE que passou a exigir certidão de conduta ilibada dos candidatos. Não é uma vergonha o Tribunal Eleitoral preencher a competência que seria do Legislativo? Mas o eleitor saberá responder nas urnas o desaforo desses partidos.


E o deputado José Genoíno (PT/SP) tem a cara-de-pau de vir dizer que o problema "Ficha Limpa ou "Ficha Suja" se resolve com o voto do eleitor. O voto do eleitor não absolve a vida pregressa do candidato ou político eleito. Quem tem de isentar corrupto é a Justiça brasileira, que lamentavelmente se mostra morosa para a sorte desses senhores.

Não se poderia esperar outra forma de conduta do deputado Genoíno contra a votação do projeto "Ficha Limpa", pois ele é aquele ex-presidente do PT/Caixa dois/mensalão, com pendência grave na Justiça.
Lamentavelmente, essas manobras políticas só contribuem para continuar conspurcando a imagem desgastada do Congresso Nacional e da política brasileira, visto ainda as graves denúncias de corrupção em todo GDF,
Num País sério, políticos como Jose Genoíno, João Paulo Cunha, Paulo Maluf , José Roberto ARRUDA e TANTOS outros indecorosos já teriam sido cassados e banidos de vez da política nacional e presos.
Dinheiro da Nação é jogado no lixo com a manutenção de mandatos políticos de parlamentares "fichas sujas", travestidos de servidores públicos.
E ele, o Maluf, ainda vai ser candidato a Governador de SP...
Quer mais o que... Paulista gosta dele assim mesmo.
Votem e vejam mais rombos nos cofres públicos do estado.

Pesquisa Eleitoral.... Qual delas podemos Confiar?

A manipulação nas Pesquisas pelos Orgãos que pertencem a cada um Partido Político......


                              Em quem? 
          Existe Político não Corrupto?


Vence quem tem maior poder Político dentro dos meios de comunicação...
Essa é a verdade!


Leia matéria abaixo....

Cientistas políticos analisam o resultado da pesquisa Datafolha que dá uma diferença de 10% em favor de José Serra e voltam atenção para próxima pesquisa Ibope que poderá ser um divisor de águas.
O resultado da pesquisa Datafolha, em que o pré-candidato do PSDB, José Serra, aparece com dez pontos de diferença em relação à pré- candidata do PT, Dilma Rousseff, aumentou as expectativas de cientistas políticos pela divulgação da pesquisa do Ibope, prevista para o dia 21. Poderá ser uma espécie de tira-teima, já que a pesquisa Sensus divulgada na semana passada apontava para um empate técnico entre os dois candidatos.
Na pesquisa Datafolha de hoje, Serra aparece com 38% das intenções de voto e Dilma com 28%, enquanto que no levantamento do Sensus da última terça-feira, a diferença entre os dois era de 0,3 pontos percentuais. Dez dias antes, a pesquisa do Voxpopuli também indicava um empate técnico, mas com diferença de três pontos percentuais de Serra para Dilma.
Por isso, as atenções dos analistas estão voltadas agora para a divulgação do levantamento do Ibope.
Mas, segundo o cientista político, professor de ética e filosofia da Unicamp, Roberto Romano, existe o risco do resultado do Ibope colocar ainda mais dúvidas sobre a análise da corrida presidencial. “A discrepância entre o Sensus e o Datafolha é enorme. É difícil explicar isto pela margem de erro”, afirmou.

Podemos então!! Afirmar que...

Quem tem o poder de manipular os meios de comunicação, como são feitos nos mais diversos canais de TV, Jornais, Revistas dentre outros.
É só lembrar um pouco da História rescente, onde várias concessões de canais de rádio e TV foram entregues nas mãos dos mais variados políticos em todos os estados do país.
A Revista Veja por exemplo, é claramente manipulada pelo FHC... A Globo se mantém em cima do muro.. Aquele que lhe der maior vantagens financeiras, ela vai apoiar nas próximas eleições. Cadê a astronômica dívida da Globo, que deve mais de 4 bilhões aos cofres Públicos e não está nem aí....
Em quais das pesquisas podemos confiar?

A Lei Existe!!! Só não é Cumprida pelos nossos Corruptos Juízes

Quando vamos ver de fato, nossos Juízes do STJ e STF, ter o Carater de fazer justiça à Constituição desse País?


A luta contra a corrupção e a impunidade


 Texto e desabafo do Ministro de Estado FERNANDO GRELLA VIEIRA

UM ESPECTRO ronda o Brasil. É o espectro da impunidade.
Discute-se nos mais altos tribunais da nação uma tese que, se vingar, colocará a ética pública no fundo do poço. Justamente no Brasil, país que ostenta péssimos níveis no ranking da transparência e onde, infelizmente, a corrupção é endêmica. Para tanto, alguns dados ilustram.
No Estado de São Paulo, por exemplo, o Ministério Público propôs, entre janeiro de 2006 e agosto de 2007, o total de 303 ações por improbidade administrativa contra prefeitos, colocando em discussão R$ 835 milhões.
Além disso, 9.765 inquéritos civis foram instaurados de 2001 a 2007. A tese está sedimentada sob a premissa de que os agentes políticos não respondem por seus atos pela chamada Lei da Probidade Administrativa (lei nº 8.429/92), que pune agentes públicos -sem distinção, como afirma o professor Celso Antônio Bandeira de Mello- pela prática de atos de improbidade administrativa.
Esses atos abrangem três espécies: enriquecimento ilícito no exercício de função pública, prejuízo ao patrimônio público e atentado aos princípios da administração publica.
Sua punição é aplicada pelo Poder Judiciário -sem previsão de foro privilegiado, conforme histórico julgamento no STF (ADI 2.797)- e consiste nas seguintes sanções: perda de bens ou valores ilicitamente acrescidos ou da função pública; ressarcimento do dano; pagamento de multa civil; suspensão dos direitos políticos; proibição de contratação com o poder público ou de recebimento de benefícios fiscais ou creditícios.
A lei nº 8.429/92, como visto, pune corruptos e corruptores. E tudo isso sem prejuízo da ação penal cabível, consoante previsto no artigo 37, parágrafo 4º, da Constituição de 1988.
Os que advogam a tese da imunidade dos agentes políticos diante dessa lei assinalam, em resumo, que eles só podem perder mandatos ou funções públicas ou verem suspensos seus direitos políticos por decisão do Poder Legislativo.
Trata-se de um falso brilhante. A Constituição de 1988 não cunha em nenhum dispositivo a exclusividade da responsabilidade político-administrativa para os agentes políticos.
Sua responsabilidade política, a ser apurada no Legislativo, não elimina a responsabilidade penal, se houver um crime catalogado nas leis penais (cuja meta é a restrição da liberdade e, conseqüentemente, a suspensão dos direitos políticos e a perda de sua função). Tampouco a civil, de que cuida a lei nº 8.429/92. Assim é a tradição jurídico-constitucional brasileira.
Quando os constituintes de 1988 e os legisladores de 1992 criaram o artigo 37, parágrafo 4º, e a lei nº 8.429, tiveram em mente a necessidade de sedimentar os baldrames de um Estado democrático de Direito sob o signo da moralidade, da ética e da responsabilidade. Afinal, a verdadeira república é o regime da responsabilidade e da igualdade dos que governam e dos que são governados.
E, paradoxalmente, após 16 anos de vigência da lei nº 8.429, em que muitos agentes políticos, servidores públicos e outras pessoas estão sendo investigados e processados ou foram condenadas judicialmente, para a garantia da higiene moral da nação; quando organismos estatais, como o Tribunal de Contas, o Ministério Público e os órgãos policiais, desenvolvem firme controle para assegurar a efetividade dessa lei; quando a imprensa é livre para denunciar irregularidades e a sociedade civil é vigilante, tem-se a perspectiva de inaugurar-se no Brasil um nicho de imunidade aos agentes políticos com a vã promessa de que ao Poder Legislativo cumpre punir corruptos.
A par das teorias jurídicas construídas de um e outro lado, ignoram-se os resultados da atuação do Legislativo, em qualquer nível federativo, a respeito da improbidade e da corrupção.
Em verdade, o pecado original está em olvidar que a responsabilidade na instância política é apurada sob o pálio da política, enquanto a instância jurídica (civil ou penal) imprime contornos técnicos.
No fundo, a prevalecer essa perigosa e nociva tese, o diploma legal de restauração da ética pública remanescerá vigente somente para os barnabés.

Eros Graus e seus Aliados Corruptos do STJ e STF...

Como confiar nos nossos Magistrados maiores, como os do STJ e STF.

        Marco Aurélio de Mello
               Eu sou o Cara!


                   Eros Grau

           Eu também sou o Cara meu Amigo!!...
                 Somos os caras de Pau....

STF adia julgamento de lei que pune políticos envolvidos com corrupção

O STF (Supremo Tribunal Federal) adiou nesta quinta-feira o julgamento da aplicação da lei de improbidade administrativa contra administradores políticos. Se o Supremo decidir futuramente que os políticos não podem ser julgados pela lei de improbidade administrativa, cerca de 14 mil processos contra políticos acusados pelo Ministério Público de desvio de dinheiro público e corrupção podem ser extintos.

O ministro Eros Grau pediu vista da ação para analisar uma questão de ordem levantada pelo Ministério Público, que argumentou que o STF não tem competência para julgar esta questão porque já deliberou sobre o assunto. O Supremo já havia decidido que ex-autoridades não têm direito a foro privilegiado. Grau disse que em dez dias ele devolve o processo.

Já o ministro Marco Aurélio Mello alegou que quatro ministros que já se manifestaram sobre o assunto não estão mais no STF. No entanto, esta questão nem chegou a ser analisada e prevaleceu o pedido de vista.

O que está em questão nesse julgamento é saber se a lei de improbidade pode ser usada contra administradores públicos --como prefeitos, vereadores, governadores, ministros, secretários de Estado e presidentes da República. Se o STF decidir que a lei de improbidade não se aplica, eles só poderão ser julgados pela lei de crime de responsabilidade --que prevê punições mais brandas.

Para ser julgado por crime de responsabilidade é preciso a autorização do Congresso, das Assembléias e das Câmaras de Vereadores. Além disso, os agentes políticos --no exercício ou não de seus mandatos-- passam a ter direito a foro privilegiado.

Entre os beneficiados pela extinção dos processos estão o ex-ministro José Dirceu, os deputados Antonio Palocci (PT-SP) e Paulo Maluf (PP-SP), o ex-governador Orestes Quércia e os senadores Fernando Collor de Mello (PTB-AL) e Joaquim Roriz (PMDB-DF).
Punição

A improbidade administrativa prevê como punição a perda de direitos políticos por oito anos e, como pode ser aplicada até por um juiz substituto, alguns ministros salientaram que pode haver abusos.

Seis ministros já haviam se manifestado a favor do arquivamento dos processos de improbidade administrativa e apenas um havia se manifestado contra. Este placar indica que a ação será acatada, ou seja, os processos serão arquivados e a lei de improbidade não poderá ser mais aplicada a agentes políticos.

A decisão sobre o mérito da ação só voltará a ser discutida quando Eros Grau devolver o processo.


Marco Aurélio de Mello - é primo do nosso Ex Presidente Collor. Lembram-se dele?
O mesmo tem vários processos no STJ e STF, a espera de ser caducado e ficar livre de todas as acusações.

Devemos votar em Alguém!! Diga Não às Eleições de 2010!!

Deputados e Senadores... Todos com Ficha Suja...... Mesmo assim vão se eleger nas Eleições de 2010....




Devemos ir às Urnas votar?

Renunciem às Urnas, abra mão de votar em qualquer que seja o Deputado, Senador ou Candidato à Presidência nas Eleições desse Ano..

Políticos que enfrentam graves acusações na Justiça deverão ficar impossibilitados de concorrer a cargos eletivos por um prazo de oito anos. Este é o mote de um projeto de iniciativa popular que será entregue ao presidente da Câmara de Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), no próximo dia 29 pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), que em todo o país reuniu até agora mais de 1,1 milhão de assinaturas de eleitores, e precisa de pouco menos de 200 mil para completar as 1,3 milhão exigidas pela lei para uma proposta do tipo (1% dos eleitores brasileiros).
O projeto é polêmico e divide opiniões, mesmo entre advogados e juízes eleitorais. Catapultada pela Campanha Ficha Limpa, a proposta aumenta o rol de  inelegibilidade da lei 9.840/99, ou Lei de Inelegibilidades, que, de acordo com o MCCE, já permitiu a cassação de mais de mil políticos por compra de votos e uso eleitoral da máquina administrativa.
Temerária – Especialista em Direito Eleitoral, o advogado baiano Vandilson Costa acha que a proposta é uma “temeridade”. Costa lembra que, em alguns estados, ainda existem grupos políticos locais com ascendência sobre o Poder Judiciário, os quais ingressam com ações visando prejudicar seus adversários políticos. “É muito arriscado”, acredita o advogado.
Já o professor de Direito Eleitoral da Universidade de Brasília (UNB), Walter Porto, lembra que há entendimento firmado pelo Supremo Tribunal Federal (STF): a inelegibilidade só deve alcançar aqueles com sentença condenatória transitada em julgado.
O juiz Marlon Reis, presidente da Associação Brasileira de Magistrados, Procuradores e Promotores Eleitorais, defende o projeto. Reis lembra que o princípio da presunção de inocência vigora no direito penal, mas no direito eleitoral deve-se enfatizar o princípio da precaução, “que é muito diverso, e é um princípio de proteção à sociedade”, observa o magistrado. “Se há um sinal grave, é razoável que o aspirante a cargo eletivo seja cautelarmente afastado”, salienta.
Inelegíveis – Pela proposta, cujo nome oficial é “projeto de lei de iniciativa popular sobre a vida pregressa dos candidatos”, ficariam inelegíveis por oito anos todos os cidadãos que tiverem sido condenados em primeira ou única instância, ou tiverem denúncia acatada pelo colégio de ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) – para onde vão as ações contra autoridades públicas com foro privilegiado.
Nesses casos, valeria a inelegibilidade sendo grave a acusação: racismo, homicídio, estupro, tráfico de drogas, desvio de verba pública, entre outras recomendadas pelo projeto. “Da forma como é hoje, o foro privilegiado acaba funcionando como um escudo”, observa Cristiane Vasconcelos, secretária-executiva do MCCE.
O juiz eleitoral Marlon Reis descarta a possibilidade de a proposta dar asa às perseguições políticas. “Não é crível que um grupo de magistrados se reúna para perseguir alguém”, sentencia Marlon Reis. “Além do mais, vale lembrar que a regra valeria somente para os detentores de foro privilegiado”.
Levantamento – Um levantamento feito esse ano revelou que, juntos, o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) acumulam 488 processos contra autoridades dos três poderes. Pelo projeto, também ficariam impossibilitados de se candidatar os portadores de mandato que, diante de uma investigação, optam por renunciar para escapar da cassação.
O recurso é utilizado largamente em todo o país. No Congresso Nacional, os casos mais famosos aconteceram em 2001 no Senado: renunciaram o falecido senador baiano Antonio Carlos Magalhães, e também José Roberto Arruda e Jader Barbalho. Todos recuperaram seus mandatos eletivos. Na Câmara de Deputados, a manobra foi usada por Pinheiro Landim (2003) e Severino Cavalcanti (2005). O senador Joaquim Roriz fez o mesmo em 2007. “Esses políticos, após recorrer ao artifício da renúncia, muitas vezes retornam com mais votos, porque têm grande influência política em seus estados”, ressalta Reis. 

Se irmos às Urnas votar em qualquer candidato, daremos a resposta pela inconstitucionalidade que vem de encontro aos anseios do Povo Brasileiro, cometido pelos Politiqueiros Corruptos e Safados que vemos todos os anos no Congresso e pelos estados e Municípios a fora.

Esse será o ato de manifestação mais sensato que nós, o Povo, pederemos dar a esses corruptos impunes das roubalheiras quem vem ocorrendo ano após ano,.

Diga não às Eleições de 2010...



sexta-feira, 16 de abril de 2010

Filho de Sarney é acusado de participar de fraude em obra do PAC, diz jornal - O Globo

 Família Unida... Permanece Unida no Crime...

                    Só peguei o que era Meu!!!!! O povinho Fofoqueiro

  O empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), teria ajudado a fechar um acordo clandestino pelo qual um grupo de empreiteiras burlou o processo de licitação de uma obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), orçada em mais de R$ 1 bilhão. A denúncia foi publicada na edição desta quinta-feira do jornal " 
De acordo com a reportagem, a fraude foi apontada pela Polícia Federal (PF) e pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em um trecho da ferrovia Norte-Sul, principal obra ferroviária do país. Ainda segundo o jornal, o projeto seria administrado pela Valec, estatal que estaria sob a influência direta de José Sarney há anos. O presidente do Senado teria indicado, inclusive, o nome de Ulisses Assad, diretor da empresa à época do esquema. ( Confira as denúncias contra Sarney na linha do tempo )
O jornal informou que a licitação para o contrato do trecho entre os municípios goianos de Santa Isabel e Uruaçu foi vencida pela Constran, que, logo depois, firmou um acordo com a EIT e Lupama, repassando a cada uma das construtoras 16,65% da empreitada. O acerto foi apelidado pela PF de "consórcio paralelo", quando empreiteiras driblam o resultado de concorrências e repartem "por fora" contratos públicos. O combinado teria sido feito sem análise ou autorização da Valec, em desrespeito à Lei de Licitações (8.666/93).
O sobrepreço na atuação desse consórcio paralelo chegaria a R$ 63,3 milhões, de acordo com uma auditoria do TCU neste trecho da Norte-Sul. A PF, por sua vez, informou que a fraude chegou a R$ 59 milhões.
A "Folha" lembrou que a Lupama é uma empresa de fachada, sem capital social. A construtora teria como sócios Flávio Lima e Gianfranco Perasso, amigos do filho de Sarney.
Sobre a EIT, o jornal informa que a empresa pagou para entrar no esquema. O fato foi revelado por meio de conversas interceptadas pela PF com autorização judicial. As mesmas escutas indicariam a participação de Fernando Sarney na formação do "consórcio paralelo" na obra.
Procurado pelo jornal, Fernando Sarney disse, por e-mail, que não falaria sobre as acusações de fraude e que os assuntos foram requentados. Já José Sarney informou, por meio de sua assessoria, que não iria se manifestar.
As assessorias das construtoras Constran e EIT informaram que não tratariam do tema, e a Constran afirmou que só a Valec pode abordar o assunto, por questão contratual. A Valec não atendeu as ligações feitas pela "Folha". O jornal informou ainda que não conseguiu contato com Gianfranco Perasso e Flávio Lima.
Folha de S. Paulo ". ( Leia mais: Governo quer mais liberdade para remanejar verbas do PAC )

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Corrupção, Educação e Saúde Pública...

Cadê a verba paga pelo Sr. Arthur Virgílio ao seu Garotinho no Exterior?
                                Demagogo Corrupto

A conta de Virgílio

O senador Arthur Virgílio (PSDB-AM) prometeu, mas ainda não cumpriu. Na tribuna, disse que iria restituir aos cofres públicos os gastos com o funcionário fantasma Carlos Alberto Nina Neto, filho de seu amigo e subchefe de gabinete, Carlos Homero Nina. Como revelou ISTOÉ, Nina Neto foi contratado em 2003 como assistente técnico. Entre maio e julho de 2005, foi estudar em Barcelona. Também ficou fora do País entre outubro de 2006 e novembro de 2007. Apesar da ausência, Nina Neto continuou embolsando o salário de R$ 10 mil, o que numa conta extraoficial daria cerca de R$ 170 mil, sem juros, contando os dois períodos no Exterior...

Enquanto isso!!1
Vemos hospitais sem equipamentos de extrema necessidade como: RX, Tomografos, Ressonância Magnética, Macas e leitos para os famigerados que vivem deitados, expostos no chão dos hospitais Públicos.
Escolas que ainda nem começaram seu ano letivo por falta de reformas, carteiras, professores e tudo mais que se faz necessário para o seu funcionamento.

Enquanto isso!!
O povo morre, apodrecendo nos hospitais públicos de todo o país... Alguns sem escolas, onde no interior do país, andam até 10 km a pé, sem que tenham um transporte escolar de acesso às escolas....
E o nosso Político Arthur Virgílio, mantem seu garotinho estudando em Barcelona, as custas do dinheiro público, do Senado, com todas as mordomias que seu Súdito menino poderia ter, com um salário mínimo de R$10.000,00 por mês.

Leiam abaixo!!!


Empresa espera triplicar produção em cinco anos
Com a fábrica de Lagoa Santa, a Philips espera produzir algo em torno de 50 máquinas de ressonância magnética por ano e triplicar a produção em cinco anos. O modelo básico custa US$ 900 mil. Quanto mais funcionalidades, mais cara fica. A Philips já contratou 50 funcionários e empregará mais 30. “Desenvolveremos um projeto de qualificação de mão-de-obra e daremos prioridade para quem for de Lagoa Santa”, diz Daurio Speranzini Júnior, executivo da Philips. Luiz Fernando Xavier de Figueiredo é um dos novos contratados. “É uma grande oportunidade de trabalhar com tecnologia de ponta.”
A empresa investirá ainda em empresas fornecedoras de peças. “Nossa intenção é aumentar o índice de nacionalização para 60%”, informa Speranzini . (JH)
        

Podemos ver que, antes tinhamos que importar equipamentos desse porte, mas hoje, temos a produção aqui mesmo, no Brasil, o que torna a aquisição desses equipamentos bem mais acessíveis pelo Poder Público.
São desviados dos cofres Públicos todos os anos, mais de 140 blihões de reais através da corrupção dos nossos politiqueiros.
Se esse dinheiro todo fosse aplicado na Saúde Pública e na educação, seriamos hoje, um país mandante do Primeiro Mundo. Sem fome... Sem analfabetos... Sem miséria e tantas outras maselas que vemos país a fora.

Que o congresso seja fechado, e todos esses congressistas, presos e seus bens confiscados.
Que sejam condenados a Morte em praça Pública, só assim veremos um Brasil mais justo e, o Povo vivendo em condições díguinas.

A Máfia da Família Sarney...

Sarney Pai e Sarney Filho.....


O empresário Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), ajudou a fechar acordo clandestino pelo qual um grupo de empreiteiras burlou o processo de licitação e é acusado de desviar dinheiro público da principal obra ferroviária do país.
A fraude, apontada pela Polícia Federal e pelo Tribunal de Contas da União, deu-se em um trecho da ferrovia Norte-Sul. Orçada em mais de R$ 1 bilhão, O projeto é administrado pela Valec, estatal ligada ao Ministério dos Transportes há anos sob influência direta de José Sarney.
Fernando Sarney alegou tratar-se de "vazamento criminoso de inquérito sigiloso". "Mais uma vez, assuntos requentados. Eu me pergunto a razão disso tudo", afirmou.
O mesmo, Fernando Sarney, responde a inquerito na Receita Federal, O governo suíço achou e bloqueou conta de US$ 13 milhões controlada pelo filho mais velho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB). Os depósitos foram rastreados a pedido da Justiça brasileira, por suspeita de que a família do senador tenha remetido ilegalmente dinheiro para fora do Brasil. Os depósitos estão em nome de uma empresa e eram movimentados exclusivamente por Fernando Sarney, que cuida dos negócios da família no Maranhão. O dinheiro não está declarado à Receita Federal.
De quanto será o Rombo dessa vez?
E até quando vamos conviver com tantos roubos cometidos por esses criminosos?
 

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Juízes e seus Cargos Vitalícios....

O crime contra a sociedade como um todo.....
 Isso é pra quem pode, e não pra quem quer...

O STF (Supremo Tribunal Federal) é o único poder antidemocrático do Brasil e o único que nas próximas décadas  impedirá o avanço do país contra a corrupção e a desigualdade social.
Há no STF um princípio antidemocrático e monarca, que não deixa de ser inconstitucional em uma democracia que se preze, que é a vitaliciedade. Os cargos vitalícios do STF constituem o que há de mais desprezível nos três poderes da república. É horrendo, imoral, arcaico e sufoca a democracia brasileira. As imagens do esquema de corrupção apontado pela Polícia Federal no governo de Brasília, protagonizado pelo governador José Roberto Arruda (ex-PSDB e ex-DEM) e seus deputados,  é a fina flor que cultiva o poder judiciário brasileiro.  Nós não precisamos só de reforma política, precisamos emergencialmente de reforma judiciária.
Os cargos vitalícios do Supremo instauram um desequilíbrio entre os poderes porque não há renovação, diferente do Executivo e do Legislativo, submetidos a escrutínio periodicamente.

Enquanto na iniciativa privada, as aposentadorias máximas, são pagas com os miséros R$3.380,00, é o teto máximo pago pelo INSS.
Renunciem às eleições de 2010 não indo às urnas.
Essa será a forma de acabarmos com todas essas maselas contra a sociedade brasileira.

Qual o Futuro das Eleições do GDF....

Será que a elite Brsiliense vai votar em Roriz?




Brasília é considerada a Capital com o maior índice de escolaridade no país.

Vejam índice abaixo!
A pesquisa aponta aumento no número de trabalhadores com segundo grau completo e nível superior, seguido da redução do analfabetismo; nível de escolaridade afeta no aumento dos salários pagos

Brasília - Trabalhadores de micro e pequenas empresas formais têm apresentado, a cada ano, um nível de escolaridade maior. Dados mostram que, entre os anos de 2002 e 2006, houve um aumento significativo de empregados com ensino médio e superior completo. Verifica-se também a redução do analfabetismo entre esses trabalhadores.

Esse cenário é apresentado no Anuário do Trabalho na Micro e Pequena Empresa 2008, encomendado pelo Sebrae ao Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Para formulação do levantamento foram utilizadas informações do Dieese, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Relação Anual de Informações Sociais (Rais), Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílio (Pnad), Ministério do Trabalho e Pesquisa do Emprego e Desemprego (PED) e Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Os números trazidos pelo Anuário sobre o grau de escolaridade são positivos. Em 2002, as microempresas do País registravam que 28% do total de empregados, 5.238.031, tinham segundo grau completo, o correspondente a 1.466.649 trabalhadores com esse nível de escolaridade. Já em 2006, essa proporção aumentou para 37,9%, de um total de 6.179.810 empregados, o que corresponde a 2.342.148 trabalhadores com segundo grau completo. 

Fonte : Agência SEBRAE de Notícias

Podemos constatar que, escolaridade não torna o cidadão num sujeito coerente. Convicto de seus anseios de mudanças realmente sérias na política brasileira.  pois quem votou em Arruda para Governador do GDF nas últimas eleições, demonstrou  irracionalidade em colocar um Político corrupto, Sínico e malandro no comando do Distrito Federal.
Mas apostamos que essa irracionalidade venha a ocorrer em escolhas , onde Roriz venha a ser mais uma vez Governador, mesmo tendo no Judiciário, vários processos contra sua gestão como Ex governador do GDF,
O povinho pra gostar de corruptos, nossos Intelectuais brasilienses... Dotados de cultura, escolaridade, mas sem nenhuma memória histórica.
Que tal  colocarem o Sr. José Sarney como Governador de Brasília, já que seu reduto eleitoral no maranhão foi estrangulado, tendo ele que se eleger pelo amapá. 
Quem sabe Sarney não acabe com os desmandos da corrupção no GDF.
Vale a pena tentar, vocês não acham?

O Sociólogo em Decadência...

Serei Eu um Intelectual de fato!!!!



FHC: o neoliberalismo dos Jardins
 
O tamanho da vaidade de FHC parece ser o maior adversário de seus correligionários de partido e ex-colegas de governo, que tentam esconder ele e seu governo. Ele não agüenta ver seu governo atacado e não contar com ninguém que o defenda – como aconteceu no segundo turno de 2006. Se deram conta que aceitar a comparação entre os dois governos – o de Lula e o de FHC – é o caminho seguro da derrota. Não convidaram FHC para a cerimônia de saída de Serra do governo de São Paulo, o excluíram do lançamento da candidatura presidencial e pretendem mantê-lo – ele e seu governo – fora da campanha, conscientes de que ele é o melhor promotor da campanha da Dilma.
Tem razão os que o querem esconder. Ele saiu do governo derrotado, fracassado, tornou-se o político de maior rejeição, não se atreve a candidatar-se a nada, cada vez que fala, o apoio ao governo Lula e à sua candidata aumenta. Às vezes quer retomar um ar de intelectual, que ele um dia foi, mas as besteiras teóricas que diz ganham um ar empolado, passando a ser besteiras empolada
Agora pretende alertar sobre o risco do Brasil se tornar uma China. Claro, para quem tentou abolir o tema do “desenvolvimento”, o crescimento chinês é um acinte. Para quem acreditava que já havíamos chegado a um tal nível de desenvolvimento econômico – tomando o capitalismo dos Jardins paulistanos -, bastaria eliminar o desenvolvimento e colocar no seu lugar a “estabilidade”. Para quem está por cima, poderia ser bom parar onde estavam. Danem-se os “inimpregáveis”, segundo suas próprias palavras, a grande massa pobre e miserável, para quem nunca pretendeu governar.
Esse é o Homem intelectual, Sociólogo, que quis governar não para uma nação, mas sim, para uma Elite de banqueiros e empresários, que hoje vive das contribuições milionárias depositadas em suas contas nos paraizos fiscais....
Um verdadeiro intelectual corrupto e hoje, patético nos bastidores sombrios, jogado às traças e  baratas.

terça-feira, 13 de abril de 2010

Sarney e Filhotes e CIA..

Tal pai, Tal Filho....



Deputado Federal Sarney Filho quer uma emenda constitucional que altera a aposentadoria compulsória?
Atualmente a aposentadoria compulsória é concedida a todo trabalhador que tem a idade de 70 anos.
O Deputado Sarney Filho acredita que um trabalhador com 70 anos de idade pode e deve trabalhar mais tempo.
Veja o que disse o ilustre Deputado:
"Não tem sentido, por exemplo, aposentar um professor aos 70 anos, quando ele ainda está em perfeitas condições de transmitir os conhecimentos que acumulou ao longo de sua vida profissional", afirmou Sarney Filho.
Na sua opinião, você acha que a idade para aposentadoria compulsória é pouco (70 anos de Idade) e que essa idade deva aumentar???
Obs: O Deputado Federal Sarney filho tem 50 anos de idade e está no sétimo mandato de deputado Federal, na condição de Deputado Federal teve o direito à aposentadoria proporcional apartir do segundo mandato, ou seja aos 34 anos de idade !!!
Ofício da Procuradoria Geral do Estado do Maranhão encaminhado a Sarney pediu, em maio de 2007, manifestação do senador sobre o acúmulo de benefícios que recebe como ex-funcionário do Tribunal de Justiça e como ex-governador do Maranhão (1966-1970), ultrapassando os R$ 24,5 mil, diz o jornal. 
Enquanto na iniciativa privada, um trabalhador quando se aposenta, mesmo ganhando r$10.000,00, vai receber no máximo o teto que o INSS paga, que é de R$3.300,00.
Temos que trabalhar a vida toda, para se aposentar com no mínimo, 65 anos de idade, ou com mais de 40 anos de contribuição, enquanto esses corruptos safados criam leis que os aposentam com 8 anos de mandato.
Existe justiça nesse país?

A Justiça e a Injustiça...

Qual o crime de maior repercussão no País?

O de Arruda, ou do lavador de carros André Brasil Santiago?


O crime cometido pelo Sr. André Brasil Santiago.


O lavador de carro
André Brasil Santiago , 24, está preso há dois anos pelo furto de uma peça de bacalhau de um supermercado de Fortaleza, Ceará, sem que tenha sido julgado.
Até agora ele não foi convocado pela Justiça para prestar depoimento.

Os crimes cometidos pelo Ex Governador José Roberto Arruda e CIA.


As investigações da Operação Caixa de Pandora apontam indícios comprovados de que Arruda, assessores, deputados e empresários por ter cometido os crimes de formação de quadrilha, peculato, corrupção passiva e ativa, fraude em licitação, crime eleitoral e crime tributário.


Em menos de três meses, o mesmo, Arruda e Cia, foram soltos, enquando o pobre coitado de Fortaleza, continua preso, sem se quer, ter sido convocado para prestar seu depoimento.


Arruda desviou mais de 100 milhões dos cofres públicos do GDF, e o pobre do Santiago, R$20,00, é o custo de 1kg de bacalhau do tipo Site.

Nossos Juízes tem mesmo que mudar sua postura no que tange a Justiça Plena ao direito aos crimes cometidos pelos nossos Políticos Corruptos.

Quem vai entender a cabeça dos nossos Juízes no Brasil...

Ou se muda essa postura medíocre dos nossos Juízes, onde se associam aos desmandos desses corruptos, ou o país vai de encontro a uma Ruptura constitucional, ou até mesmo para uma guerra civil. 

domingo, 11 de abril de 2010

Cidade da Música... O que o Povo não sabe!!!!

Você sabia?


As Dívidas da prefeitura com a Cidade da Música..

 Em dezembro, Paes calculou um gasto de R$ 50 milhões – mais da metade do orçamento inicial – para o término das obras. Com esses recursos, dizia o prefeito, seria possível inaugurar as instalações ainda incompletas e, através dos patrocinadores, continuar as obras. Acontece que a Cidade da Música já foi inaugurada sem ser concluída por César Maia, em seu último mês de gestão.
 Pelos cálculos da CPI da Cidade da Música, seriam necessários R$ 700 milhões para finalizar o projeto. Em fevereiro, Paes chegou a ameaçar cancelar os contratos com as empreiteiras e refazer as licitações. Os dois consórcios responsáveis pela obra alegam que a prefeitura tem dívidas referentes a atividades realizadas nos dois últimos meses da gestão passada.
“As construtoras cobram uma dívida de R$ 230 milhões. Só com os custos decorrentes de interrupções, encargos financeiros etc., as empreiteiras cobram R$ 48 milhões. Dentro desse valor, estão R$ 11,5 milhões de horas extras e adicionais noturnos. Também cobram R$ 95 milhões por serviços executados e não medidos, e mais R$ 93 milhões para a conclusão do projeto. Se somarmos essa dívida aos R$ 440 milhões que já foram gastos, a Cidade da Música já estaria custando R$ 670 milhões, fora o dinheiro que a prefeitura terá que desembolsar para concluir o equipamento”, denuncia Andréa.
Enquanto Isso!!
Vemos famílias inteiras sendo soterradas nas tragédias vistas nos morros cariocas.
Cadê nossos Vereadores que não viram, taparam os olhos para tamanha roubalheira que ocorreu com a aprovação de todos os gastos da nossa tão linda Cidade da Música?
Em ano de eleições, vimos agora nossos politiqueiros vereadores exercer o papel de fofoqueiros, denunciando o descaso com o uso do dinheiro público. Dinheiro esse, os quais nós, cidadões, pagamos através dos impostos recolhidos, e que na verdade vem sendo escoado pela corrupção ativa desses canalhas, que sem punição alguma, continuam todos os anos no poder.

Tragédia no Rio.. Sinismo e Politicagem.

Descaso total dos nossos Políticos Cariocas...



Tudo se vê e nada se faz ao longo dos anos pelos nossos Políticos que comandam as Prefeituras e o Governo do Estado Rio.
Vamos as afirmações insistentes dos nossos governantes, em afirmar que Favela é Bairro, como o programa inicialmente do Ex Prefeito Cesar Maia "O Favela Bairro", depois, na gestão do Conde, se deu na mesmíssima insistencia. Volta Cesar Maia e, continua com tamanha ignorância, em dizer, afirmar que, Favela é Bairro.
Uma favela, como podemos ver nos noticiários dos últimos dias, não pode ser considerado um bairro, pois falta toda a infraestrutura para que:
1- A Defesa Civil chegue rapidamente ao local para prestar o mínimo de assistência às pessoas vitimadas pela tragédia que ocorreu na cidade do Rio de Janeiro nos últimos dias.
2- O mesmo ocorre com os nossos Brilhantes e Corajosos Oficiais do Corpo de Bombeiros. Diante dessa falta de estrutura, das Favelas, insistentemente chamados de Bairros, não tiveram as mínimas condições de chegarem ao local com rapidez.
3- Ambulâncias, Máquinas e equipamentos... Tudo isso com um atrazo de mais de cinco horas, não puderam servir a populaçao ali soterrada, colocando as vítimas e seus parentes sobreviventes, no desespero, vendo a vida ser levada pela imprudência dos nossos Governantes, em afirmar que 'Favela é Bairro".

Quantos Bilhões de Reais foram gastos nesse Programa Idiota "No Favela Bairro" nos últimos 20 anos de governo dos nossos Prefeitos megalomaníacos?

Quantas casas foram construídas durante esses 20 anos?

Quantas Favelas foram extinguidas nesse mesmo período?

Essa é a mentalidade medíocre dos nossos Prefeitos e Governadores, que foram para Copenhague torcer para que o Rio fosse a sede das Olimpiadas de 2016. Gastaram uma fortuna, levando uma comitiva de mais de 50 pessoas. Vibraram, torceram e, ganharam o troféu máximo de poder sediar os tão sonhados Jogos Olímpicos aqui no Rio de Janeiro.
Só esqueceram que, os bairristas Favelados, permaneciam lá, em locais desumanos e de alto risco a cada chuva que se abatia sobre a cidade.
Sergio Cabral chorou aos prantos pela perda dos
Royalties do Petróleo, mas não vimos nenhuma sensibilização dele quanto aos mortos famigerados dos morros cariocas e Niteoí.
Vimos sim, ele, Sergio Cabral, fazendo média, de ir ao  local da tragédia, mas não como Governador Sério, que irá resolver os problemas das famílias vitimadas, mas sim, de usar a tragédia como palanque político paras às Eleições de 2010.
O preifeito de Niteroí, Roberto Silveira, há mais de 20 anos no comando da Politicagem junto a Prefeitura, sabia sim, dos problemas existentes no Morro do Bumba, mas com cara de inocente, de incompetente, disse não saber dos problemas ali existentes.
Que Raio de Prefeito é esse, que administra a cidade por mais de quatro mandatos, e não tem noção, idéia dos problemas existentes em sua própria cidade.

Cenário Urbano...
A carência habitacional está no centro do nosso problema urbano na medida em que, em razão da exclusão de grande parte da população do mercado imobiliário formal, a “solução” do chamado déficit habitacional tem sido a inserção marginal na cidade. Prevalece a lógica perversa, produtora da maior parte dos chamados problemas urbanos: quem está fora do mercado somente tem acesso à moradia à margem da cidade! A nossa urbanização, em conseqüência, é caracterizada pelo permanente e crescente descompasso entre o lento crescimento das cidades e a veloz expansão das suas margens. A urbanização expressa, assim, mais fortemente o processo de des-ruralização da sociedade do que a generalização da forma urbana de vida. Como podemos chamar a isso de urbanização quando o crescimento das nossas cidades se realiza centralmente pelo aumento do número de moradias que não atendem aos padrões mínimos de habitabilidade que tornam possível a vida em aglomerados urbanos?

Palanque Político...

O Rio na década de 80 tinha aproximadamente 35 Favelas. Hoje passam de 1050.

Essa foi a mentalidade Política adotada para se eleger na cidade do Rio de Janeiro, pois quanto maior a miséria favelista, maior a quantidade de votos, vistos em promessas em campanhas Eleitoreiras, onde seus canditadios incentivaram o aumento das Favelas, com doações de material de construção... Da invasão indevida de áreas particulares e públicas. Com isso, vemos hoje, uma Cidade sitiada, cercada de favelas por todos os lados... Empresas antes existentes no Rio, hoje tomadas, invadidas com autorização e participação do poder Público. Muitas delas fracionadas, loteadas por milícias, gerando o caus que assistimos hoje.

Essa é a Política Habitacional que nosso governantes adotaram para a cidade nos últimos anos..
Mas o Pior disso tudo foi que, ninguém, nenhum Orgão, como o nosso Ministério Público e nosso Judiciário, foi  contra esse crime Organizado. Foram passivos e coniventes...

Os Bilhões gastos no tal Favela Bairro, se fossem gastos em contruções descentes, moradias onde, houvesse infraestrutura mínima: Hospitais, escolas, delegacias, orgãos como, a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros, onde pudessem ter acesso rápido no caso de uma tragédia como essa que ocorreu no Rio. Com certeza não teriamos tantos óbitos como tivemos nos últimos dias aqui na cidade do Rio de Janeiro.

sábado, 10 de abril de 2010

O Imperador Tirano.....

Brasil Império, com reinado Tirano...


Brasil volta ao tempo da Idade Média, com um dos maiores Imperadores tiranos de sua História.Contrarianto todos os Artigos da Constituição Brasileira, em particular o artigo 5 "Todos somos iguais perante a Lei". Tenhamos que acreditar de fato que, existem duas constituições no Brasil... A de 1988, onde essa, rege às normas para o Povo como um todo. Digo!! O povão no geral. E uma paralela, onde rege às normas legais e inconstitucionais para os nossos queridos e ilustres Políticos.

Essa segunda, a que previlegia os assustadores previlégios que nossos parlamentares tem direitos "Adquiridos", elaborados e aprovados na calada da noite, ou em atos super secretíssimos... Auxílio moradia em mansões luxuosas, Auxília Gravatas Francesas, Auxílio caminhão tanque de combustíveis, Auxilio mensalão, Auxílio salário para seus parentes em geral, até mesmo para: Sogras, Cunhados, Sobrinhos, Afilhados, Tias, Genrros etantos outros que puderem ser afagados com um salário dígno dentro do poder público.
Esse é o cenário da tão falada e clamada Democracia que nossos Políticos Exaltam em seus discursos a Sociedade Burra e Ignorante.
Burra e Ignorante!!
É dessa forma que nossos Políticos nos vêem, Burros e Ignorante, não por sermos de fato, mas sim, por estarmos de mãos atadas diante de tantas atrocidades que eles "os nossos queridinhos Políticos", os mesmos que somos obrigados a votar, mas que na verdade, os mesmos infringe todos os preceitos Éticos dentro do Congresso.
Regidos por um Ditador Corrupto "Sarney e CIA", onde há 54 anos no Poder desse país, juntamente com uma corja, onde podemos classificar como, os Templários da Inquisição Católica da idade Média. O poder Pólítico brasileiro hoje, é de fato, O Centro do Crime mais bem Organizado do mundo na História. Chegando a superar a Máfia Siciliana, ou com a Máfia Americana, nos tempos de Al Capone.
Nunca em tempos remoto vimos tamanho descaso das Autoridades, digo autoridades, do meio Jurídico, do nosso Judiciário, que tem poder de fiscalizar, punir tamanhas atrocidades de crimes cometidos contra a economia, onde desvios bilionários vem sendo ocorridos todos os anos, e nada se faz contra esses políticos corruptos que vemos anos a fio no poder.
Estamos falando de 140 bilhões desviados todos os anos dos cofres Públicos, onde 50 milhões de brasileiros, vivem abaixo da linha da miséria.
Precisamos mudar isso, não indo às Urnas, boicotando de vez esse sistema Eleitoral falido.
Só dessa forma, iremos conter o Poder que emana das mãos desses Corruptos que comandam o País de forma criminosa.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Sarney e seus Salários Milionários!!!

Salários de Marajás... Os súditos Reis no Poder....







Enquanto a iniciativa privada tem seus salários confinados na lei de aposentadoria pelas regras absurdas do INSS, pois quem ganha 8 mil reais na ativa, quando se aposenta recebe 10 saláios mínimos como teto para aposentadoria da iniciativa privada, o que não passa dos R$3.300,00 por mês, pois o INSS criou o salário referência para pagamentos dos mesmos.
No entanto, na área Pública, o funcionário Público recebe integralmente quando aposentado, seus salários reais da ativa, e mais, são reajustados todos os anos com os da ativa.
Exemplo:
O funcionário Público recebia R$8.000,00 quando na ativa, quando se aposenta, continua a receber R$8.000,00, e seu salário continua a manter o mesmo nível de reajuste de quem se mantém na ativa.
Isto quer dizer!!
Não sofre defasagem em momento algum....
Enquanto do aposentado da iniciativa privada, em apenas 5 anos, os 10 salários mínimos do teto ao qual ele foi aposentado, sofre uma defasagem de quase 40% nesses 5 anos.

Previlégios de Rei...


O nosso ilustríssimo Presidente do Senado, Sr. José Sarney.

Esse Canalha recebe as seguintes aposentadorias:

1- Como Desembargador do Estado do Maranhão

2- Como Ex Governador do Estado do Maranhão
3- Como Ex Presidente da República
4- E ainda vai receber como Ex Senador quando se aposentar do Senado Federal

Seus ganhos devem passar dos 200 mil reais por mês.


Emais!!


Ainda vai ter direito aos recursos das mordomias como:


1- Segurança promovida pelo setor público, com carro oficial e todo o aparato que o mantenha bem seguro.

2 - Auxílio moradia
3 - Verba para manter todos as suas mordomias que o mantinha na ativa, isso das suas quatro aposentadorias compulsórias a que tem direito.

Esse país é sério?


O défict no sertor privado da Previdência privada é menor que o do setor Público...


E nós, o povão que mantemos essas distorções, mantendo esse crime sem impunidade.


Cadê ás leis desse país, que rege em favor desses criminosos, mantendo o povo na completa miséria e sem o direito à Constituição do País.

Até quando vamos ter que conviver com a impunidade, os crimes que esses corruptos, canalhas vem cometendo contra a legalidade constitucional do País?