Músicas preferidas

Loading...

sexta-feira, 28 de maio de 2010

A Bondade do Congresso, com mais um aumento para os Servidores Públicos....

Câmara aprova pacote de bondades para funcionários públicos.

            Conseguimos mais um aumentinho antes que nos barrrem.....

     Precisamos de grana amigos, os Aposentados que se danem!!!!

Projeto de lei beneficia 30 mil servidores públicos com gratificações e reajustes, ao custo de R$ 400 milhões neste ano.




BRASÍLIA - A pouco mais de quatro meses das eleições, a Câmara aprovou ontem um pacote de bondades para os funcionários públicos federais. Na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), os deputados aprovaram projeto de lei que cria gratificações e dá reajuste a cerca de 30 mil servidores públicos federais. A estimativa é que só em 2010, o impacto com o aumento seja de R$ 401,9 milhões.
Já o plenário da Câmara aprovou a Medida Provisória 479, que beneficia cerca de 25 carreiras do serviço público federal, ocasionando aumento na folha de pagamentos da União de R$ 1,8 bilhão.
O projeto aprovado na terça-feira, 25, na CCJ foi em caráter terminativo - ou seja, não precisa ser votado por todos os deputados, caso nenhum parlamentar peça, no prazo de cinco sessões para que a proposta passe pelo crivo do plenário da Câmara. O projeto beneficia 32.763 funcionários. Para 2011, a previsão é que o reajuste tenha impacto de R$ 773,7 milhões na folha e de R$ 791,8 milhões, em 2012.
A proposta aprovada na CCJ prevê a criação de adicional de até R$ 1.042 por participação em missão no exterior para servidores do Ministério das Relações Exteriores. O projeto reajusta também a gratificação de desempenho para agentes penitenciários federais, além de estabelecer aumento salarial e de gratificação para servidores da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) e dos cargos de tecnologia militar do Ministério da Defesa. Os médicos e dentistas do Hospital das Forças Armadas também serão beneficiados com aumento salarial.
O  projeto enviado pelo Executivo prevê ainda a criação de estrutura remuneratória especial para engenheiros, arquitetos, economistas, estatísticos e geólogos.
A MP 479 que reestrutura carreiras do serviço público federal foi aprovada depois que o governo concordou em aprovar mudanças sugeridas pelos parlamentares, sem assumir o compromisso de que algumas delas não serão vetadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Se não for votada nesta semana pelo Senado, a MP perderá a validade e as categorias beneficiadas originalmente na edição da medida ficarão prejudicadas. A pressa levou os deputados e aprovarem a MP em votação relâmpago. Não houve discussão nem orientação de líderes. A votação foi simbólica, sem o registro dos votos no painel eletrônico.
O deputado Arnaldo Madeira (PSDB-SP) reclamou. "Ninguém sabe que emendas foram aprovadas e o que foi incluído no texto", afirmou. A relatora, deputada Gorete Pereira (PR-CE), foi informada que o governo não concorda e que o presidente poderá vetar o item que transforma técnicos do seguro social em analistas tributários da Receita Federal do Brasil. Só essa alteração na carreira do seguro social com a equiparação salarial dos servidores com os analistas tributários provocará um impacto de R$ 1,8 bilhão nos gastos públicos, segundo estimativa do próprio governo. Esse valor é muito acima do aumento de gastos previsto na medida provisória original, de R$ 31,769 milhões.
O texto aprovado estende a Gratificação de Atividade de Combate e Controle de Endemias (GACEN) para todos os servidores da Funasa. Essa alteração tem um impacto calculado pelo governo em R$ 160 milhões.
Outra alteração aprovada pelos deputados, contrariando a posição do governo, incorpora os professores dos extintos territórios do Acre, Amapá, Rondônia e Roraima, e dos colégios militares à carreira de magistério do ensino básico técnico e tecnológico das instituições federais. O Executivo não divulgou o impacto que essa medida terá nos cofres públicos.
A relatora incluiu e os deputados aprovaram, mesmo contrariando o governo, um benefício para os peritos médicos. A proposta reduz a jornada semanal de 40 horas para 30 horas para a carreira de perito médico previdenciário sem a redução de salário. Essa redução é prevista para entrar em vigor em janeiro do próximo ano.
Os policiais rodoviários também foram atendidos. Foi aprovada a possibilidade de eles serem removidos sem cumprir o período probatório de três anos. Essa mudança foi feita com o apoio do Ministério da Justiça e deverá ser mantido no texto. Nas negociações com o governo para permitir a aprovação da MP, a relatora retirou do texto de seu parecer o aumento salarial dos servidores do Plano Especial de Cargos do Ministério da Fazenda (PECFAZ), que teria um impacto previsto pelo governo de R$ 1,162 bilhão. 
Denise Madueño e Eugênia Lopes, da Agência Estado

 Enqanto isso, os Aposentados armargam à espera de um mísero aumento de 7,72%...

Isso é!

Se for aprovado pleo Presidente, o que tudo indica que vai ser vetado.

6 comentários:

  1. Isso é que é uma vergonha Nacional.
    Porque eles (Magistrados) terão regalias? Se for pela profissão que impliquem mais perigos... nós os "Desnudos" sofremos e vivemos mais na mira do perigo de uma bala perdida vindo de uma arma como "essa Emenda nogenta"
    Abraços e é mto bom ler artigos corajosos que denunciam os "donos da boa"
    Goretti Albuquerque

    ResponderExcluir
  2. Não podemos esquecer que o servidor público tem mais votos que os aposentados.
    Infelizmente o aposentado que recebe mais que o salário mínimo que auxiliou o crescimento do país é desconsiderado pelo Governo; quando o Presidente Marolinha fez a campanha se auto denominava de :"Presidente dos Aposentados", e agora?
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Esse nosso país, com essa gente que anda por aí governando..., com esse presidente de faz-de-conta, de arremedo, que fala nóis, é dificil progredir. Não sei o que vai ser, sinceramente. Mas não podemos renunciar ao voto, é nossa única chance de mudar. Temos que ter é bons líderes, mas com essa geração de jovens mal preparados nas escolas, com esses professores mal remunerados, meu Deus, é muito difícil!!! Bjssssss

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    passando para desejar a você,
    um bom fim de semana,
    fui pega por varias ites....sinusite,
    faringite e por ai vai.estou pessima ai ai ai
    volto na segunda.
    beijos.
    seu espaço é muito interrante
    volto com calma.

    ResponderExcluir
  5. Brasil, o País do céu de "brigadeiro", obrigada pela visita, volte sempre, beijos.


    Rosana Morena!

    ResponderExcluir
  6. brasil o vencedor de 2014 viva o Brasil

    ResponderExcluir