Músicas preferidas

Loading...

sábado, 22 de maio de 2010

Papai o que faremos com mais esse Escândalo entro da casa?

  Papai eu não suporto mais tantos escândalos!!! O que faremos agora?
        Você não acha melhor irmos para fora do País?
 Minha filha! Eu tô pensando como me safar de mais essa. Calma...

Papai tem aliados fortes, e quase todos comem na minha mão... A coisa não é bem assim não!


O que o distinto público brasileiro carente e evergonhado vem tomando conhecimento a respeito do Congresso Nacional, mais especificamente do Senado, neste início de ano, são fatos que fogem aos padrões de normalidade e agridem a dignidade daqueles que trabalham, produzem e pagam os impostos que financiam os malfeitos divulgados pela imprensa. Para o Senado Federal, 2009 foi pródigo de episódios que ficariam melhores nas páginas policiais do que nas páginas sobre política.

Primeiro, revelou-se que o Diretor Geral da Casa escondia do Fisco uma mansão avaliada em R$ 5 milhões; em seguida,tomamos conhecimento de que 3.883 funcionários receberam vencimentos extraordinários no recesso parlamentar de janeiro, quando o Congresso ficou, literalmente, entregue às moscas e às baratas. Neste caso, o total dos gastos somou R$ 6,2 milhões.


Mas não parou por aí. Ficamos sabendo que a senadora Roseana Sarney pagou com dinheiro público a viagem e estadia em Brasília de um grupo de amigas do Maranhão. Isto na mesma semana em revelou-se de que seu pai, José Sarney, mantinha em suas
residências no Maranhão seguranças do Senado, num flagrante desvio de funções públicas para fins privados. O seu adversário, o petista Tião Viana, em matéria de comportamento imoral não fica muito a dever ao cacique maranhense, pois emprestou o celular do Senado para que a filha usasse à vontade em sua viagem de férias no México.

Quando pensamos que tudo ficaria limitado às falcatruas acima descritas, veio o pior, ou seja, o Brasil tomou conhecimento de que, com apenas 81 senadores, a Casa tinha 181 diretores ganhando salários acima de R$ 20 mil e com direito a carro oficial, telefone celular, entre outras mordomias, em mais um atentado ao erário público. Atentado esse reforçado pelo fato da existência de 3.000 cargos comissionados - que não requere concurso público - com vencimentos que variam de R$ 9,7 mil a R$ 13 mil.

A Máfia virou Milicia!!
Ao comando de um verdadeiro Coronel, com aval de todos da casa, o Senado...
Aliás!
As duas instituições, tanto a Camara como o Senado, vivem hoje, o pior dilema em sair dos mais diversos escândalos nas paginas Políciais.. Isso mesmo! São bandidos, exercendo cargos que, o que deveriam contribuir para criar Leis distintas para sociedade como um todo, vemos as mais bárbarias Leis criadas em prol de uma cúpula corporativa criada para corromper, roubar, desviar e favorecer a Oligarquias próprias Politicas.
Voltamos a Grécia antiga!
Ou nós o Povo demos um basta a isso que vem ocorrendo, ou veremos o País se afundar ainda mais nessa conjuntura Corrupta que vemos piorar a cada ano.


SENADORES QUE SOFREM AÇÕES NA JUSTIÇA

Cícero Lucena (PSDB/PB)
Eduardo Azeredo (PSDB/MG)
Epitácio Cafeteira (PTB/MA)
Expedito Júnior (PR/RO
Fátima Cleide (PT/RO)
Fernando Collor (PTB/AL)
Gim Argello (PTB/DF)
Inácio Arruda (PC do B/CE)
Jayme Campos (DEM/MT)
João Ribeiro (PR/TO)
João Vicente Claudino (PTB/PI)
Leomar Quintanilha (PMDB/TO)
Lobão Filho (PMDB/MA)
Lúcia Vânia (PSDB/GO)
Mão Santa (PMDB/PI)
Marconi Perillo (PSDB/GO)
Maria do Carmo Alves (DEM/SE)
Mozarildo Cavalcanti (PTB/RR)
Neuto De Conto (PMDB/SC)
Renan Calheiros (PMDB/AL)
Renato Casagrande (PSB/ES)
Roberto Cavalcanti (PRB/PB)
Romero Jucá (PMDB/RR)
Rosalba Ciarlini (DEM/RN)
Sérgio Guerra (PSDB/PE)
Valdir Raupp (PMDB/RO)
 Isso é só uma gota d'água num oceano de milhares de servidores e Políticos sujos em todo País, e que até hoje não sofreram nenhuma punição da Justiça.
Se é que que podemos chamar o nosso sistema Judiciário... "De Justiça"
Digão não às Eleições de 2010...

Fuiquem em casa, vão viajar, vão ao Shopping, visite seus familiares, vá ao cinema, um Museu..


Mas não votem em niguém, pois essa será a resposa nossa a esses Politiqueiros safados e corruptos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário