Músicas preferidas

Loading...

domingo, 25 de julho de 2010

Perjúria é Crime?

  Crime de Perjúria!

Existe ou não?

Juridicamente, Não!

Como então, vamos entender de fato o que é Justiça?

                Somos os Juízes da Corrupção! 
                       Se o código é antigo, o que podemos Fazer?
  Bem!!
Mais ou menos assim...
O advogado chega para seu Cliente, um tal assassino qualquer, mas como a lei dá garantias a ele, o tal criminoso, de ficar caladinho, não dizer nadica de nada...
Daí esse Advogado, que instruíu seu Cliente, " O Criminoso" a ficar calado, provoca um auê na verdadeira face dos fatos acorridos!
Esse também, não deveria ser atribuído nos autos da Investigação, do Processo, com um Criminoso também? Tô falando do Advogado, aquele que estudou, jurou  Ética à fazer Justiça!
Não!
Tanto o Advogado bem como o Cliente, o tal criminoso, nenhum dos dois são punidos pelo crime de Perjúria.
Porque?
Porque a Lei garante isso a Eles, aos criminosos, mesmo que mintam, omitam a verdade, que induzam seus clientes a mentir, não sejam punidos por mais esse Crime.

Caso Bruno.
Vemos Claramente todos esses fatos, ilucidados na mídia, estampadas em todos os noticíáros, essa pouca vergonha...
Vemos Claramente que, o tal Menor de 17 anos, foi instruído a confessar um crime no qual não cometeu. Mesmo depois das várias versões dadas em seu depoimento, a Justiça ainda tem dúvidas da Verdade! O menor vai cumprir três anos de detenção assistida, depois vai embora, feliz da vida...
A ex Mulher do Bruno, diz não ter ficado com a criança, depois confessa que esteve com a criança... O Bruno proíbe a Noiva de entrar no condomínio, em sua casa... Essa era Oficial mesmo, A Noiva! Não era a Amante dele... A Amante, aquela, que sabia que o Bruno era noivo, Religiosa, disse Ela, "A Amante", ficou com a criança na casa dele, depois viajou com ele para BH...
Conclusão!!
Virou um salame de contradições e, de depoimentos de Ex Mulher, Ex Amante, que nessa altura, a Amante, agora! Não vai querer mais saber de um Ex Goleiro, que era Rico, ganhava Bem.. Didim gente $... Essa, duvido que vai querê-lo agora...
Mas todos esses Ex... Mulheres, amantes, noivas, primos e amigos, cometeram o crime de Perjúrio, pois nenhum depoimento bate um com o outro. Inclusive dos Advogados também, são criminosos, onde instruem seus clientes a mentir ou ficar calados...

Essa é a verdadeira Ética dos nossos tão respeitados Advogados, mas amparados pela falta de uma punição severa, e da Própria Lei, que respalda toda essa Nojeira.

Abaixo um trecho de um Processo, onde é narrado pelo Juíz, onde relata a imunidade Judiciária quanto ao Crime de Perjúria


6. A denunciação caluniosa é um plus em relação ao minus de que se consolida a calúnia. Esta, que tem a falsidade, igualmente, como elemento normativo do tipo, representa uma etapa da conduta daquela. Incide no caso o princípio da consunção, de sorte que a alegação de calúnia, por identidade de razões, fica absorvida na inexistência da denunciação. Ademais disso, os termos da representação fazem clara, primus ictus oculi, a ausência de elemento subjetivo do tipo, necessariamente caracterizado, na calúnia, pela vontade consciente de depreciar a honra da vítima.

7. Supostas difamação, atingindo o complexo de predicados que conferem à vítima consideração social (honra objetiva), e injúria, veiculando qualidade negativa do ofendido de forma a denegrir a estima própria (honra subjetiva), se vêem, no caso, acobertados pela excludente dos crimes representada pela imunidade judiciária (art. 142, III, do CP).

Pergunto Eu?

Já não está na hora de se mudar o Código Penal?

Cadê a OAB, que tanto fala em Ética, mas que fecha os olhos para um Código Penal tão Ultrapassado assim, e seus Advogados se associando ao Crime Organizado?

Podemos dizer que!

São todos Cúmplices do mesmo Crime, tanto o Judiciário, que nada faz... Cada dia vemos mais e mais injustiças.

E a OAB, que vê todas essas injustiças, e mais, sabe das imprudências de seus resposáveis Advogados, e mesmo assim, continua Omissa.

Conclusão!

Temos de fato, a Impunição associada ao Crime, sem que nenhum dos dois Orgãos, que deveriam coíbir tudo isso, mas Andam de mãos dadas.

13 comentários:

  1. Querido, como nos sentimos mal, em vermos tantas coisas erradas, tanta injustiça, falta de ética...dá vontade de sair correndo...

    Tenha um ótimo domingo amigo!
    Não se envenene a mais da conta, com as crueldades da vida...separe o que for bom, pra cultivar no seu coração...só assim sobrevivemos com o que realmente vale a pena...
    Beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  2. Olha amigo, acho que o buraco é muito mais fundo... complexo viu...

    Ótimo Domingo :)

    ResponderExcluir
  3. bom passar por aqui e obter essas informações!

    bjinhus...e otimo domingo!

    ResponderExcluir
  4. Oi...tô passando por aqui...e sempre que me surpreendo pq vc faz postagens incríveis...e dai acabo ficando "com a pulga atrás da orelha".

    É a verdade mais nua e crua...eu me pergunto...
    e ai???
    Pq a gente se sente tão amarrado,limitado...estranho isto...eu vivi numa época em que as coisas não foram nada boas....regime militar qd eu estava na faculdade....e parece que agora as coisas estão mais estranhas....as pessoas adormecidas...

    Há de se ter um jeito!
    bjo e boa semana!
    Zil

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Eu, pessoalmente acho uma pouca vergonha, esse direito de permanecer calado. Tem que falar... Não fez a besteira, agora fala....

    ResponderExcluir
  7. Olá meu anjinho amigo!
    Vim te visitar, deixar um pouquinho de serenidade, alegria...boas energias... lá do verdão... pra ti...
    Querido tenha uma semana lindaaaa...você e seus filhotes amados...
    Sempre bom demais receber sua visita, seu carinho e amizade...ah se todo carrapato fosse assim como você amigo... rsrsrs...beijinhos...
    Valéria

    ResponderExcluir
  8. Olá Marcio!
    Deus te cubra de paz, deixando que permaneça em ti essa descontração toda massageada de harmonia, na forma como chegas e depositas algo que transmite ao outro uma certa alegria que sequer neste momento sei poder explicar.
    Veja: Eu tenho um recanto, a Valéria tem o canto. Refiro a minha casa um jardim, a Valéria é a flor e outros que por lá passem se derramando, sejam flores tbém.
    Hoje a Valéria foi o ponteiro, onde por mim lá você esbarrou, sequer sabes que retiraste de mim uma farpa que estava me encomodando tanto.
    Deixei por lá tbém algo da gratidão que sentir pela tuas palavras...
    A postagem que em meu jardim encontraste, referente a disciplina. Somos semelhantes em Deus e em toda a natureza está a descrição de nós mesmos e os exemplos a seguir.
    Costumamos transferir para as pessoas aquilo que somos. Nunca nos acreditamos. Se nos julgamos excluidos é porque somos nós que nos excluimos, porque não nos acreditamos. Se achamos que alguéns não nos gosta, é porque somos nós que não nos gostamos, pelas razões diversas em nós embutidas.
    Por que não nos acreditamos? Nossa autoestima, tão frágil ainda, inseguros, descontentes, sem espelhos a nos ver na beleza que possuimos. O patinho feio, foi desfeito por aquela mãe que não o aceitou por haver sido diferente dela e dos outros seus filhos, mas ele se acreditava e persistiu a seguir aquela família, relevando a travessia e todos os poréns que o ameçava de ficar jogado nos canteiros do caminho. Seguiu e no fim deu-se a um belo cisne, altivo, singelo e formoso.
    É a vida. A natureza explica tudo, somos nós que não vemos, embutidos em nós.
    O que eu quero aqui dizer meu amigo é em resposta a cabeceira do teu blog: Existem alguém em que possamos confiar? Sim existe. Somos diferentes, mas possuimos ítens iguais. Devemos tentar nos aperfeiçoar naquilo de bom que o outro tem e não temos em nós. A vida propõe a troca nos exemplos a seguir perante nossos olhos. Porém como podemos confiar em alguém, se não confiarmos em nós? Como saber dos políticos, se fazemos nossos julgamentos baseados nas tramas que lemos, que assistimos e por aí afora. Não os conhecemos, não convivemos com eles então como seria possível? O melhor que podemos fazer é seguir a intuição e buscar naquele candidato, as virtudes, algo que ele tenha de bom, algo que prevaleça perante os defeitos que ainda desconhecemos e pedir a Deus que se encarregue do resto. Por que acredito que temos o que merecemos, quando todos nós bonitos e feios, não resistimos a tentação.
    Somente haveremos de encontrar a saída, quando o mundo se unir de fato e quando todos se derem as mãos e fazer por onde serem e sentirem-se confiáveis.
    Sigamos...

    obrigado pelas palavras amiga, obrigado pelo bem que me fez, a razão deixei postada na Valéria amiga e irmã em nós.
    "Encomode-me" sempre, sem saber me fará feliz.(onde poderei sair de mim)
    Que deus te abençoe no seu trabalho, junto a sua família, esta tão preciosa que você construiu.
    Obrigado e perdoe, prometo ser breve outras vezes
    mais quando aqui voltar prazeirosamente.

    Abraços

    Lívinha

    ResponderExcluir
  9. Venho retribuir a visita que fez ao meu blog, tendo ficado surpreendida pelo seu que me parece muito bom e necessário ao mundo. Todas estas calamidades têm que ser faladas e espostas, visto que muitas vezes é a unica arma que possuimos para lhes fazer frente. Sempre em busca de um mundo mais justo. Um abraço.

    ResponderExcluir
  10. Bom amigo oque você disse é verdade, os advogados realmente são estudados, fazem juramentos éticos e tudo, porém oque falta de informação a você, e por favor não me interprete mal, também fico indgnado com isso, mas o advogado não tem e nunca teve compromisso algum com a verdade mas sim com o seu cliente, a ética não é exataemnte para com a sociedade mais sim para os segredos com seu cliente e para se portar perante situações como essa, e sobre a justiça, é verdade a familia de um cara morto por outrem quer a justiça, ver o assasino preso, porém não se pode negar que o assasino também tem direitos e por mais injusta a ação do assasino a corte não pode ser injusta com ele pois como os advogados, juizes, promotores são instruidos logo no começo da faculdade, todos são iguais perante a lei. Realmente é uma profisão dificil, você pode ser odiado por muitos por estar defendendo um criminoso, eu mesmo espero nunca pegar um criminoso para defender, porém se pegar honrarei a ética jurídica e defenderei essa pessoa com afinco.

    tenha um ótimo dia, e mais uma vez não é uma critica mais sim, digamos , um complemento às informações passadas.

    ResponderExcluir
  11. primeiro tem que aprender a escrever, depois tem que estudar o código de processo penal e o código penal a luz da constituição federal; aí sim poderá voltar a postar, e debater com base na lei.

    ResponderExcluir
  12. Se o advogado fosse obrigado a instruir seu cliente "culpado" a falar a verdade, não precisariam de advogados... já que uma vez ele é contratado para provar a inocência do cliente, e não dar ele de bandeja para o judiciário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Arthur Carlos, creio que tens uma ideia bastante equivocada sobre a função social do advogado. Longe de ser provar a inocência mesmo de quem é culpado, é, na verdade, defender os DIREITOS do cliente.
      Imagine, por exemplo, um ladrão de galinhas. Agora, mentalize que ele foi preso e recebeu a punição prevista para o crime de assassinato, ao invés da pena para o furto, como deveria ser. Pois bem, nesse caso, a função do advogado, longe de ser provar que sei cliente é inocente de furtos, é defender seu direito de não ser penalizado desproporcionalmente a seu crime.
      Claro, infelizmente a maioria pensa que a função do advogado é provar a inocência de quem é culpado. Mas tal conceito está equivocado.

      Excluir